Gênero

É necessário consolidar a abordagem de gênero nos estudos e práticas a respeito da ciclomobilidade. Há uma compreensão de que, assim como outras relações sociais de poder, as relações de gênero influem diretamente sobre a mobilidade urbana e, consequentemente, sobre o direito à cidade.


GÊNERO NO CICLOATIVISMO

Diversas organizações da sociedade civil que promovem a ciclomobilidade possuem abordagens específicas e estruturas executivas e administrativas dedicadas a gênero.

ORGANIZAÇÕES CICLOATIVISTAS DE MULHERES

Ciclanas

Coletivo de mulheres de bicicleta no trânsito de Fortaleza

Pedal das Minas São Luís

Coletivo que que tem como objetivo reunir mulheres e promover o apoio mútuo em prol do uso da bicicleta e de articular e demandar políticas públicas de mobilidade por bicicleta

ARRANJOS INSTITUCIONAIS DE GÊNERO

Bike Anjas

As Bike Anjas são um grupo de mulheres integrantes da Rede Bike Anjo, que surgiu em 2015 pela necessidade de engajar e mobilizar mais mulheres, tanto anjas como aprendizes, nas atividades da rede, estimulando o uso da bicicleta como modo de transporte em suas cidades. Existem grupos locais de Bike Anjas nas seguintes cidades: Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Campina Grande/PB, Recife/PE, São Luís/MA e São Paulo/SP. Clique aqui para mais informações

Ciclocidade – Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo

A Ciclocidade é uma associação que promove a ciclomobilidade na cidade de São Paulo. Possui um Grupo de Trabalho de Gênero

UCB – União de Ciclistas do Brasil

A UCB é uma associação que congrega pessoas físicas e instituições de ciclomobilidade. Possui um Grupo de Trabalho de Gênero e seu Estatuto determina que sua estrutura administrativa deve ter, no mínimo, 50% de mulheres

AÇÕES E INICIATIVAS DE MULHERES

100gurias100medo

Evento de mulheres com o objetivo de mostrar que as ciclistas do Brasil estão unidas em prol de um país com mais qualidade na mobilidade e respeito para as mulheres (cis e não cis).


CONTEÚDO SOBRE GÊNERO E MULHER NO OBSERVABICI

Os temas Gênero e Mulher constam em Publicações, Leis e Audiovisuais do Acervo, em Eventos da Agenda, nas Notícias e em outras seções do Observatório da Bicicleta. O ObservaBici é colaborativo: envie seu conteúdo.

Notícias relacionadas

“Por que mobilidade urbana também é uma questão de gênero”

” Insegurança e medo de assédio são problemas enfrentados por mulheres que usam o transporte público. Neste podcast, a pesquisadora Amíria Brasil fala sobre como esse assunto se relaciona ao planejamento das cidades Este conteúdo continue lendo…

Leia mais

Porque falar de gênero e bicicleta? Do Brasil ao Fórum Mundial da Bicicleta no Equador

Não é possível pesquisar mobilidade urbana sem considerar que antes de uma  pesquisa propriamente dita, já debatemos nossos deslocamento na prática do dia-a-dia. Quem nunca reclamou o tempo de espera do transporte público, ou já continue lendo…

Leia mais

Mulheres grávidas podem pedalar?

Uma simples visita ao obstetra no início da gravidez costuma sanar boa parte das dúvidas, mas também faz com que todas as mulheres fiquem conscientes do perigo de se envolver em qualquer atividade que possa continue lendo…

Leia mais
1 4 5 6