| | | | |

Ciclistas de Portugal lançam manifesto “Mulheres a pedalar: Por uma cidade inclusiva”

Porque acreditamos que as perspectivas femininas da cidade são diferentes e relevantes, neste 8 de Março, um conjunto de mulheres, da MUBi, Bicicultura, Braga Ciclável, Ciclaveiro, CICLODA – Associação Oficina da Ciclomobilidade, Climáximo, Faro a Pedalar, FEMINA, Lisboa e Porto Fancy Women Bike Ride, Mulheres na Arquitectura, Roda dos Ventos e ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, juntam-se para fazer 8 reivindicações, por um ambiente urbano e de mobilidade mais propício ao uso da bicicleta e inclusivo.

Usufruir da cidade e da vivência urbana deve ser universal e acessível a todas as pessoas, independentemente do seu género, idade, etnia, religião, nacionalidade, orientação sexual ou qualquer outra característica. Neste Dia Internacional da Mulher — uma data em que se celebram as conquistas de direitos, mas em que se deve sobretudo fazer uma reflexão profunda acerca da luta constante pela igualdade plena em todas as dimensões sociais — exigimos à sociedade em geral, e aos decisores políticos em particular, que promovam medidas para favorecer o uso da bicicleta pelas mulheres, como ferramenta de inclusão e de promoção da sua liberdade.

_____

Título original desta notícia: “Mulheres a pedalar: manifesto por uma cidade inclusiva”.

[... continue a leitura na Publicação Original]

Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *