| | | | |

Ciclomobilidade e pandemia: novo cenário, renovados desafios

O fenômeno social e biológico mais alastradamente devastador já experimentado pela humanidade viva colocou a bicicleta em evidência. Aos já incontestáveis benefícios da bicicleta se somou mais um, e vital: seu uso como modo de mobilidade, quando comparado ao transporte coletivo, provoca menos riscos de contágio pelo coronavírus (Bicicleta e máscara: o jeito mais seguro de se locomoverHospital em Belém incentiva uso de bicicletas pelos colaboradores*).

Estes benefícios levaram organismos internacionais a recomendar, desde o início da pandemia, que as pessoas que necessitem romper o isolamento físico aconselhado usem a bicicleta para se locomover (Transporte Urbano COVID-19: Mensagens-chave [ONU Habitat]; OMS recomenda o uso da bicicleta para quem precisa sair de casa durante a pandemiaMoving around during the COVID-19 outbreak [Movendo-se durante o surto de COVID-19 – OMS]).


Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

  • Veículo: UCB - União de Ciclistas do Brasil
  • Data de publicação original: 29/09/2020
  • Endereço: Clique para acessar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *