Transporte e logística

A bicicleta sempre foi muito eficiente para transporte de objetos tanto pessoais quanto de mercadorias no processo hoje conhecido como logística (organização do processo de distribuição de mercadorias), extrapolando sua notória utilidade para a mobilidade individual.

Mais recentemente, com a entrada de empresas de intermediação eletrônica (por aplicativos), a atividade de distribuição de mercadorias, sobretudo de alimentos processados, foi muito expandida e trouxe à cena novas e polêmicas relações de trabalho.


DESTAQUES NO ACERVO

Contribua com o acervo

Insira conteúdo

Pesquise no Observatório

Pesquise

Notícias relacionadas

Suprema Corte espanhola requalifica entregadores de aplicativo como “carteira assinada”

Os entregadores de bicicletas das plataformas são a partir de agora oficialmente funcionários das empresas das plataformas de delivery. O Supremo Tribunal espanhol acaba de se pronunciar sobre o assunto após uma avalanche de ações judiciais nesse sentido, reconhecendo a relação trabalhista, contra os argumentos das plataformas que sustentavam que os seus mensageiros eram “autônomos” continue lendo...…

Leia mais

“Ciclistas se tornam as maiores vítimas no trânsito durante a pandemia”

“Os ciclistas foram os que mais sofreram nos acidentes ocorridos nas vias das cidades mineiras, de acordo com dados do Ministério da Saúde, entre março e junho, no comparativo com 2019, enquanto houve redução das consequências envolvendo vítimas que conduziam outros veículos. Foram seis vezes mais mortes de usuários de bicicleta em hospitais do Sistema Único continue lendo...…

Leia mais

“Bicicletas se transformam em nova ferramenta de trabalho nas ruas de BH”

“Em um mundo cujas premissas da mobilidade e da sustentabilidade são amplamente debatidas, as bicicletas ganham cada vez mais espaço, tanto nas vias urbanas quanto em trilhas e estradas. Diante do desafio do desemprego e da precarização do trabalho, elas estão cada vez mais presentes nos serviços informais de delivery e de “office boy”. Os custos são inferiores em relação à continue lendo...…

Leia mais

Crise do coronavírus antecipa o uso de bicicletas para fazer entregas por comerciantes em São Paulo

Por Rogério Viduedo – jornalista Para manter algum faturamento enquanto durarem as medidas de isolamento social impostas pelo combate ao Covid-19, alguns restaurantes e lanchonetes em São Paulo começaram a entregar pedidos em domicílio pela primeira vez. Para isso, passaram a utilizar bicicletas próprias, emprestadas ou alugadas. Marcio Ikeda, proprietário da lanchonete The Box, da continue lendo...…

Leia mais

“4 modelos de bicicleta multifuncional”

“Inventada há mais de dois séculos, a bicicleta se tornou um veículo clássico. Conhecida mundialmente por possuir duas rodas impulsionadas por um pedal, com o conjunto ligado por uma corrente, a “magrela” teve poucas variantes ao longo de sua história. Os modelos disponíveis no mercado geralmente se restringem aos adaptados à cidade, à aventura ou ao esporte. continue lendo...…

Leia mais

“Entregadora de aplicativo roda 14h por dia de bicicleta, às vezes sem fazer uma única refeição completa”

“Para ganhar cerca de R$ 60 por dia, Luiza Helena Rizzo, de 23 anos, trabalha até 14 horas sobre duas rodas. Entregadora de aplicativo, ela pedala dezenas de quilômetros diariamente na região da Tijuca e do Grajaú. A rotina, de segunda a segunda, sem folgas, é pesada. Na bolsa, só biscoito para enganar a fome, continue lendo...…

Leia mais

Projetos criam direitos para entregadores de aplicativos Fonte: Agência Câmara de Notícias

Na semana em que entregadores de aplicativo fizeram greve, deputados apresentaram pelo menos quatro propostas sobre direitos desses profissionais. Na quarta-feira (1º), a categoria se uniu e realizou protestos em várias cidades brasileiras por melhores condições de trabalho, aumento do valor recebido por quilômetro rodado e do valor mínimo de cada entrega, e ainda apoio continue lendo...…

Leia mais

“ONG capacita entregadores de bike e propõe formatos de entrega mais justos”

“Com as discussões sobre a precarização do trabalho dos entregadores de aplicativos, que fizeram uma paralisação nesta quarta-feira (1º), as discussões sobre formas alternativas de delivery ganham visibilidade. Modelos de negócio mais justos para o trabalhador e para os pequenos comerciantes — que sofrem com as altas taxas cobradas pelos apps — são possíveis? O continue lendo...…

Leia mais

“Coletivo de mulheres e LGBTQ+ ganha notoriedade em entregas de bike por SP”

“O discurso de Aline Os destoa da realidade atual das ruas. Em um momento em que direitos de entregadores são suprimidos, quase nulos, a ciclista paulistana vai na direção contrária. Com ideais sólidos, como figura central de um coletivo de mulheres e LGBTQ+, as Señoritas Courier, ela uniu duas causas, transformando-se numa voz ativa, ouvida continue lendo...…

Leia mais

“Condições de trabalho de entregadores de aplicativos pioram durante pandemia, mostra pesquisa”

“A crise do novo coronavírus deixou ainda pior a condição de trabalho para os entregadores de aplicativos. É o que revela uma pesquisa da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (Remir) a partir de projeto da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o qual aponta que houve aumento na jornada de trabalho, queda na remuneração, continue lendo...…

Leia mais
1 2 3 4