| | | |

Prefeitos de grandes cidades do mundo querem gastos com incentivos verdes para conter a Covid-19

Fora da União Europeia, a maior parte dos gastos com a recuperação da pandemia reforçou o status quo baseado intensamente em carbono.

A reportagem é de Andrew McCormick, publicada em The Nation, 09-09-2020. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Trilhões de dólares estão sobre a mesa, enquanto os governos em todo o mundo procuram cavar fora da cratera econômica causada pelo coronavírus. Com o tempo também se esgotando para evitar o pior da crise climática, o consenso crescente entre os líderes mundiais é que os gastos de recuperação da Covid-19 devem ser “inteligentes para o clima”.

“Esse terrível desafio que causou tanto sofrimento é uma oportunidade”, disse o secretário-geral das Nações UnidasAntónio Guterres, em uma entrevista no dia 8 de agosto ao Covering Climate Now. “Podemos reconstruir tudo como era antes, o que é um grande erro, devido às fragilidades do mundo, ou podemos reconstruir uma economia e uma sociedade mais inclusivas e sustentáveis.”


Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Leia também:

“Covid-19: Mapa mostra cidades abertas a pedestres e ciclistas”

“Várias cidades do mundo estão adotando inovações para controlar ou minimizar os efeitos da pandemia Covid 19 nas políticas de mobilidade urbana. O objetivo é oferecer alternativas ao transporte público, visto – neste momento – como um ambiente arriscado para contaminações pelo coronavírus. A maioria está buscando meios de reduzir também o uso do automóvel continue lendo...…

Leia mais

“Como a bicicleta conquistará as cidades após o coronavírus “

“A crise do Covid-19 ou Coronavírus tem gerado mudanças em todo o mundo. Provavelmente muitos dos nossos hábitos devem ser impactados daqui para frente. E isso diz respeito inclusive às questões de mobilidade. Considerando-se o fato de muitos governos saberem que no transporte público não é possível manter a distância social recomendada na maioria dos continue lendo...…

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *