Mapeamentos

Mapeamentos (inserção de informações localizadas em mapas geográficos) são ferramentas importantes para a elaboração e distribuição de conhecimento sobre territórios e suas infraestruturas.

Nesta seção reunimos ferramentas de mapeamento, colaborativas ou não, que enfocam a mobilidade por bicicleta. Adicionalmente, o ObservaBici pretende informar sobre ferramentas de navegação confiáveis e adequadas para a definição de rotas seguras e rápidas para o deslocamento de bicicleta (incluindo aplicativos).


CICLOMAPA – MAPEAMENTO COLABORATIVO

Ciclomapa – Infraestrutura cicloviária das cidades brasileiras

Ciclomapa é uma ferramenta gratuita e colaborativa para levantar, monitorar e expor a infraestrutura para uso da bicicleta nas cidades brasileiras. Com base nos mapas locais, o Ciclomapa objetiva reunir, totalizar e sistematizar informações de todo o país.


OUTROS MAPEAMENTOS COLABORATIVOS

BikeMaps

  • Conteúdo: Mapa colaborativo focado na segurança, reúne indicações de sinistros, locais perigosos e de roubo de bicicletas. Baseado em CycloOSM/OpenStreetMap.
  • Mantenedor: BikeMaps.org
  • Acesso: Clique aqui

CycloOSM

  • Conteúdo: Mapa construído sobre dados do OpenStreetMap contendo todas as marcações para dar suporte ao uso da bicicleta como modo de mobilidade e de turismo (vias, bicicletários, serviços, barreiras etc.)
  • Mantenedor: OpenStreetMap
  • Acesso: Clique aqui

Bike de Boa

  • Conteúdo: App de mapeamento colaborativo de bicicletários e paraciclos no Brasil. Código Open Source e dados disponíveis para download
  • Mantenedor: Bike de Boa
  • Acesso: Clique aqui

Colab

  • Conteúdo: plataforma com interface em aplicativo que permite a inserção de problemas na infraestrutura urbana, entre eles “ciclovia/ciclofaixa mal sinalizada ou apagada” e “bicicletário danificado”. O Colab é adotado por prefeituras de várias cidades brasileiras nas quais funciona como uma ouvidoria.
  • Mantenedor: Colab
  • Acesso: Clique aqui

Strava Heatmap e Strava Metro

  • Conteúdo: o Strava Heatmap mostra em mapa de calor as rotas de deslocamento monitoradas pelo aplicativo de treinos esportivos Strava. Os dados são atualizados mensalmente. O Strava também acolhe sugestões de correção e de melhorias nos mapas.
    O Strava Metro é uma funcionalidade do Strava baseado no Heatmap que filtra deslocamentos não esportivos e fornece os dados a organizações públicas e da sociedade civil para pesquisa e planejamento. Os dados são fornecidos mediante solicitação.
  • Mantenedor: Strava
  • Acesso: Strava Heatmap e Strava Metro


MAPAS LOCAIS

Mapas locais

Mapeamentos elaborados por instituições e pessoas diversas.

  • Conteúdo: relação de mapeamentos realizados por pessoas e instituições segundo informações obtidas pela UCB – União de Ciclistas do Brasil. Diversos destes mapas estão desatualizados.
  • Mantenedor: Diversos mantenedores
  • Acesso: Clique aqui

NAVEGAÇÃO E ROTAS

O ObservaBici consultou associados da UCB e realizou testes em alguns aplicativos para traçar rotas de deslocamento urbano. Foram encontradas limitações que inviabilizam diversos deles: traçam rotas erradas ou rotas sem considerar ciclovias, problemas de acesso, desatualização, mal funcionamento, foco em esporte, aventura ou natureza, etc.

No momento, restam os aplicativos a seguir, com as respectivas vantagens e imperfeições.

Maps.me

  • Conteúdo: demonstrou estabilidade e correção de rotas por ciclovias. É baseado em OSM – Open Street Map e possui código de fonte aberto.
  • Mantenedor: My.com
  • Acesso: Clique aqui

Google Maps

  • Conteúdo: é amplamente utilizado e vem recebendo melhorias, mas ainda traça rotas sem considerar ciclovias. Permite a criação de mapas próprios
  • Mantenedor: Google
  • Acesso: Clique aqui


CONTEÚDO SOBRE MAPEAMENTOS NO OBSERVABICI

O tema Mapeamentos consta em Publicações, Leis e Audiovisuais do Acervo, em Eventos da Agenda, nas Notícias e em outras seções do Observatório da Bicicleta. O ObservaBici é colaborativo: envie seu conteúdo.

PESQUISE MAPEAMENTOS

INSIRA MAPEAMENTOS

Notícias relacionadas

Atividades de bicicleta mais do que dobram após implantação de ciclofaixa na avenida Tereza Cristina em Belo Horizonte

Por Cristiano Scarpelli   Em estudos anteriores (Bimbarra e Arrudas) foi possível constatar a baixíssima adesão de ciclistas a dois trechos descontínuos, lentos e desconfortáveis, de uma rota de 30 km com ciclovias e ciclofaixas, continue lendo…

Leia mais

Critérios inadequados nas definições dos desenhos cicloviários

Por Cristiano Scarpelli. Em estudo anterior (1) foi possível constatar a adesão de apenas 2% dos ciclistas (que registraram suas atividades no aplicativo Strava) a um trecho de rota cicloviária desenhada em julho de 2020 pela continue lendo…

Leia mais

Portugal: Rede Nacional de Cicloturismo – baixe o ‘Road Book 2022’

Um projecto concebido por um engenheiro de projectos de estradas e entusiasa das viagens de longa distância em bicicleta, cujo objectivo é identificar uma rede por todo o país com as melhores infraestruturas para viagens continue lendo…

Leia mais

Em vez de adotar desvio cicloviário pela área central de Belo Horizonte, ciclistas pedalam margeando o rio Arrudas

Por Cristiano Scarpelli   Em estudo anterior (1) foi possível constatar a adesão de apenas 2% dos ciclistas (que registraram suas atividades no aplicativo Strava) a um trecho de rota cicloviária desenhada em julho de 2020 continue lendo…

Leia mais

Pouca gente usa, mas rastreador acha bikes, cada vez mais visadas por ladrões

Furto de bicicleta só aumenta, mas pouca gente pedala prevenido. Custa entre R$ 100 e R$ 230 ter um rastreador na bike. É difícil saber quem usa um desses, porque geralmente as pessoas não revelam, continue lendo…

Leia mais

Por que ciclistas ignoram trecho de ciclovia em Belo Horizonte?

Por Cristiano Scarpelli   Em julho de 2020, no contexto da pandemia, foi implantada uma rota cicloviária de 30 Km ligando as regiões Leste e Oeste de Belo Horizonte, aproveitando algumas ciclovias já existentes e continue lendo…

Leia mais

Ciclovia em viaduto faz travessia com bicicleta em BH aumentar até 70%

Na capital mineira, as primeiras infraestruturas cicloviárias sobre viadutos foram instaladas no ano passado, em dois pontos da cidade. Após isso, revela um estudo realizado para o Observatório da Bicicleta (UCB), houve um aumento significativo continue lendo…

Leia mais

Relatório anual Strava 2021: ciclismo continua quebrando recordes

A plataforma Strava, com mais de 95 milhões de utilizadores, acaba de apresentar o seu já tradicional relatório anual, no qual compila e divulga alguns dados sobre a atividade esportiva mundial e nacional. 2021 continuou continue lendo…

Leia mais

Strava’s Year In Sport 2021 charts trajectory of ongoing sports boom

Strava, the leading social platform for over 95 million athletes and the largest sports community in the world, today released its annual Year in Sport data report, revealing that the pandemic-era sports boom shows no continue lendo…

Leia mais

Travessia de bicicleta em viadutos de BH aumenta até 70% após instalação de estruturas cicloviárias

Por Cristiano Scarpelli No mês de maio de 2021, Belo Horizonte recebeu suas duas primeiras infraestruturas cicloviárias em viadutos, as quais, tudo indica, influenciaram positivamente mais gente a pedalar nos locais. A primeira a ser continue lendo…

Leia mais
1 2 3 4