| | |

Fortaleza lança programa para implementar microparques e ciclovias arborizadas

Lançado no mês passado, o programa Fortaleza Mais Verde pretende criar uma rede de microparques na capital cearense e implementar corredores cicloviários arborizados. O plano começou a ser executado ainda em agosto.

“O intuito da proposta é preservar, garantir e ampliar progressivamente a cobertura verde da Cidade de Fortaleza, tornando essas áreas utilizáveis para serem usufruídas pela população”, afirmou o prefeito da cidade, Roberto Cláudio. “Temos várias ações de paisagismo e urbanização em andamento. Deveremos receber sugestões a respeito deste novo projeto-piloto. Queremos deixá-lo implantado e irreversível”, complementou.


Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Leia também:

“Fortaleza quer ser uma cidade 100% ciclável. Veja como”

“O secretário-executivo da Conservação e Serviços Públicos da Prefeitura de Fortaleza, Luiz Alberto Sabóia, conversou com o Mobilize sobre política cicloviária e infraestrutura para pedalar na capital cearense. Sabóia, que lidera no município os programas de Segurança Viária e Cidades Saudáveis, em parceria com a Bloomberg Philantropies e Organização Mundial de Saúde, conta como foi que, continue lendo...…

Leia mais

Exemplo de Fortaleza: O automóvel financiando a ciclomobilidade

Outro sinal de que Fortaleza escolheu, de fato, a ciclomobilidade como prioridade de gestão é a aprovação, em junho de 2018, de uma lei que destina toda a arrecadação de taxas cobradas pelo estacionamento rotativo dos automóveis – também chamado de Zona Azul – para políticas cicloviárias (Lei 10.752). Exclusivamente para as bicicletas. Seja para continue lendo...…

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *