Eleições 2020: candidatos a prefeito de SP priorizam ciclistas, pedestres e ônibus; veja propostas para Mobilidade e Transportes

A cidade de São Paulo instituiu seu próprio Plano de Mobilidade (PlanMob) em fevereiro de 2016, conforme as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), que determinou o planejamento de um desenvolvimento urbano sustentável, priorizando o transporte coletivo, público e não motorizado, em detrimento do particular, individual e motorizado.

A capital, no entanto, ainda enfrenta desafios para a efetiva implementação do projeto, que tem 2030 como prazo para cumprimento de todas as metas. A Prefeitura de São Paulo ficou 3 anos sem ampliar a malha cicloviária; as vias não são considerada acessíveis pelos paulistanos e para pessoas com deficiência, e apontam que as calçadas são escolhidas arbitrariamente para reformas.

[… continue a leitura na Publicação Original]


Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Leia também:

Evento debate eleições municipais e mobilidade sustentável em Caruaru

A Mobilicei, startup de mobilidade urbana, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, está promovendo na quarta-feira (23) um painel com especialistas para discutir as eleições municipais e a mobilidade sustentável. Entre os temas estão caminhabilidade, ciclomobilidade e transporte público priorizado.

Leia mais

Eleições 2020: Campanha cobra propostas sobre mobilidade urbana

O coletivo de ciclistas Pedal Sonoro lançou a campanha Mobilidade Sustentável nas Eleições 2020 pra discutir o transporte. A ideia é debater alternativas para mobilidade urbana com candidatos de todo país. Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *