| | |

Com poucos carros circulando nas ruas, poluição diminui consideravelmente

A adoção de medidas restritivas à circulação de pessoas e o fechamento de indústrias e lojas de comércio por causa da pandemia do novo coronavírus provocaram queda vertiginosa da emissão de poluentes em todo o mundo. Em Belo Horizonte não é diferente, segundo dados da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam). Levantamento feito a pedido do Estado de Minas mostra que os níveis de poluição atmosférica caíram até pela metade a partir do momento em que as autoridades aconselharam a população ao isolamento para conter a COVID-19.

As medições foram feitas em dois pontos da capital: as estações PUC São Gabriel (na Rua Walter Ianni, 255, Bairro São Gabriel) e Centro (Avenida do Contorno, nas proximidades do número 777). A análise dos dados da qualidade do ar contemplou o mês de março e foi dividida em dois períodos, considerando o Decreto Municipal que determinou o fechamento do comércio em BH. O primeiro, entre 1° e 19 de março, e o segundo, do dia 20 até terça-feira.


Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *