Bancos de Dados

Bancos de Dados (arquivos, pesquisas, bibliografia etc.) são ferramentas importantes para o conhecimento, monitoramento e ação sobre a realidade.

Nesta seção reunimos bancos de dados mantidos por organizações diversas com foco principal ou relacionado com a ciclomobilidade.


BANCOS DE DADOS

Biblioteca da Mobilidade a Pé

  • Conteúdo: Acervo de publicações técnicas, trabalhos acadêmicos e produções próprias e sobre a mobilidade a pé e urbanismo
  • Mantenedor: Como Anda
  • Acesso: Clique aqui

Biblioteca Transporte Ativo

  • Conteúdo: livros, artigos, pesquisas, manuais, vídeos e legislação, entre outros, sobre assuntos diversos, tais como educação, infraestrutura, bicicletas compartilhadas e ciclologística
  • Mantenedor: Associação Transporte Ativo
  • Acesso: Clique aqui

Banco de Dados de Cartas Compromisso nas Eleições

  • Conteúdo: Cartas Compromisso entregues para candidaturas aos poderes executivo e legislativo nas esferas nacional, estadual e municipal. As Cartas Compromisso, que contém propostas para a melhoria da ciclomobilidade, da mobilidade a pé e do transporte público coletivo e foram elaboradas por organizações da sociedade civil
  • Mantenedor: UCB – União de Ciclistas do Brasil
  • Acesso: Clique aqui
  • Para acrescentar uma nova Carta Compromisso: entre em contato com o ObservaBici

Banco de Dados de PlanMobs

  • Conteúdo: Planos de Mobilidade Urbana (PlanMobs) de municípios brasileiros e documentos relacionados – praticamente todos os PlanMobs incluem a bicicleta no sistema de mobilidade urbana. Contém informações sobre a situação dos PlanMobs de 470 cidades, sendo que de 206 delas há documentos para baixar
  • Mantenedores: Bike Anjo e UCB – União de Ciclistas do Brasil
  • Acesso: Clique aqui
  • Para acrescentar um novo PlanMob: entre em contato com a Campanha

Banco de Dados de Relatórios de Desafios Intermodais

Banco de Dados de Imagens de Comparação Intermodal

Levantamento de Vias Recreativas do Brasil

Notícias relacionadas

Fantasmas: Por que acidentes com ciclistas não são contabilizados?

A bicicleta passou a fazer parte da vida de muita gente. Do passeio ao trabalho, a ‘magrela’ foi adotada pelos cariocas e se tornou fundamental para enfrentar o já sempre caótico trânsito da cidade, além de garantir o distanciamento social em tempos de pandemia. No entanto, vem crescendo o número de acidentes e de vítimas continue lendo...…

Leia mais

Falta de estatísticas e campanhas de informação dificultam prevenção de acidentes com ciclistas

Os números são desconhecidos. Não há estatísticas de órgãos oficiais que retratem a realidade dos ciclistas e o número de acidentes que eles sofrem no Rio de Janeiro. O atropelamento e morte do taxista aposentado Cláudio Leite da Silva, de 57 anos, no Recreio, na última segunda-feira, expõe, mais uma vez, os riscos enfrentados pelos continue lendo...…

Leia mais

Bicicleta substitui carros e ônibus durante pandemia

Para fugir das aglomerações em terminais de ônibus ou como alternativa mais saudável, a bicicleta surge como opção para quem precisa se deslocar para o trabalho nas ruas de Goiânia A pandemia da Covid-19 transformou significativamente a mobilidade urbana em todo mundo. De acordo com pesquisa da Cabify com usuários de aplicativos de mobilidade de continue lendo...…

Leia mais

No Dia Mundial Sem Carro, Caloi cria “Calculadora da Mobilidade”

Com o objetivo de estimular a reflexão sobre o uso excessivo de automóveis, no “Dia Mundial Sem Carro”, comemorado em 22 de setembro, a Caloi em parceria com a Oxigen criou a “calculadora da mobilidade”, que pretende destacar os benefícios de substituir o carro pela bicicleta. Com a frase “descubra por que a bicicleta é continue lendo...…

Leia mais

Acidentes entre carros e ciclistas em SP caem 17% em 2020, aponta Infosiga

Os acidentes entre carros e ciclistas no estado de São Paulo caíram 17% nos primeiros oito meses de 2020, na comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com dados do Infosiga SP, obtidos com exclusividade pela Coluna Pedala, o número passou de 2.464 para 2.034 entre janeiro e agosto. Os números foram continue lendo...…

Leia mais

“Como adiamento do Censo pode afetar projetos e melhorias na mobilidade”

Por Kelly Fernandes “A ausência de dados e estatísticas limita a capacidade do poder público de responder às demandas da população por mais e melhor infraestrutura de mobilidade. E, em caso de falta de compromisso dos gestores, pode ser um impeditivo para a sociedade colocar-se contra o descumprimento de direitos sociais, tal como o transporte. continue lendo...…

Leia mais