| | |

Pesquisa pública ajuda o Brasil a valorizar a mobilidade por bicicleta

Na tentativa de ampliar a participação da bicicleta nas cidades brasileiras, uma pesquisa nacional foi lançada para ser respondida pela população, tanto a que pedala como a que não usa bike, mas tem vontade. Gente que gostaria e até planeja pedalar, mas não executa porque tem medo do trânsito, por exemplo. Na pesquisa, a oferta da infraestrutura para as bicicletas é um dos pontos questionados, sendo uma excelente oportunidade de as pessoas reivindicarem mais ciclovias, ciclofaixas, rotas e até mesmo a redução do limite de velocidade das vias.

O objetivo é fundamentar uma estratégia nacional de ciclomobilidade no País numa perspectiva até 2030.

[... continue a leitura na Publicação Original]

Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

  • Veículo: Jornal do Commércio
  • Data de publicação original: 04/01/2021
  • Endereço: Clique para acessar

Leia também:

Participe da “Pesquisa Pública para a Estratégia Nacional da Bicicleta”

Nome da pesquisa: Pesquisa Pública para a Estratégia Nacional da Bicicleta Instituição: Grupo Gestor da Estratégia Nacional da Bicicleta Nome do pesquisador responsável: Bruno Batista Data do início da pesquisa: 24/11/2020 Data do final da pesquisa: 30/12/2020 Descrição da pesquisa: pesquisa para a construção da Estratégia Nacional da Bicicleta e servirá de base para a continue lendo...…

Leia mais

Participe da “Pesquisa Pública Estratégia Nacional da Bicicleta”

A promoção ao uso da bicicleta já está de olho em 2030. PARTICIPE e AJUDE A DIVULGAR! Diversas organizações lançam hoje (26 de novembro) uma pesquisa para a construção da Estratégia Nacional da Bicicleta. O levantamento irá servir de base para a construção de um amplo plano nacional de ações para o desenvolvimento da mobilidade continue lendo...…

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *