| | |

Ciclistas pedem obras cicloviárias em rodovias

Integrantes da Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu (Associação CicloIguaçu), em Curitiba, pedem para que as novas concessões de pedágio, que devem entrar em operação no fim do ano que vem, incluam obras cicloviárias para melhorar a segurança de quem utiliza bicicletas nas rodovias. A entidade funciona desde 2011 com o objetivo de promover o diálogo com o poder público sobre o desenvolvimento de políticas de ciclomobilidade.

De acordo com Fernando Rosenbaum, coordenador da Associação CicloIguaçu, as rodovias paranaenses são perigosas para os ciclistas.

Segundo um levantamento da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), o Paraná é o segundo estado do país onde mais morrem ciclistas, ficando atrás apenas de São Paulo. No ano passado, foram 103 mortes de ciclistas no Paraná, enquanto que em São Paulo foram 114 óbitos.


Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *