| | |

“Construir ciclovias e calçadas gera emprego e combate a mudança do clima”

 

“Apesar de no Brasil a principal fonte de emissão de gases de efeito estufa ser o desmatamento, seguido da agropecuária, nas cidades o problema recai sobre energia, categoria que inclui o transporte. A queima de combustíveis fósseis em caminhões, ônibus e veículos responde por quase um quarto das emissões brasileiras do setor de energia.

“E essa é uma curva ascendente, iniciada em 2009, e turbinada, entre outros fatores, pelo forte aumento da quilometragem total rodada por automóveis e motocicletas”, aponta relatório elaborado por Instituto ClimaInfo, Observatório do Clima e GT Infraestrutura [continue a leitura na publicação original].”


Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Leia também:

Muitos empregos podem ser gerados com ciclovias, faixas de ônibus e calçadas recuperadas

O impacto do transporte motorizado, coletivo ou individual, sobre o clima já era conhecido. Movidos a combustíveis fósseis, eles respondem por quase um quarto das emissões brasileiras do setor de energia, em uma curva ascendente, iniciada em 2009, e turbinada, entre outros fatores, pelo forte aumento da quilometragem total rodada por automóveis e motocicletas. Os continue lendo...…

Leia mais

Dia Mundial sem Carro: novas formas de deslocamento refletem responsabilidade social e compromisso com o meio ambiente

Apesar da redução do uso de veículos automotores desde o início da pandemia, coordenadora dos cursos de Engenharia da Pitágoras faz uma análise sobre os efeitos nocivos de poluentes e traz dicas para quem quer contribuir com a data. O Dia Mundial sem Carro, celebrado no próximo dia 22 de setembro, suscita a discussão sobre continue lendo...…

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *