|

Álcool estava presente no sangue de 37% dos condutores mortos em acidentes em 2019

Levantamento realizado pelo DetranRS a partir do cruzamento de dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP) sobre acidentes de trânsito com morte em 2019 e a base de resultados dos testes de alcoolemia feitos pelo Instituto-Geral de Perícia (IGP) revelou um cenário alarmante no Estado. O estudo identificou que 37% das vítimas (232) que estavam na direção do veículo tinham álcool no sangue no momento do acidente.

O DetranRS analisou dados de 624 condutores mortos em acidentes, entre motoristas de veículos quatro rodas e motociclistas, excluindo-se caroneiros, pedestres, ciclistas, carroceiros – o conjunto de vítimas para as quais foi realizado teste de alcoolemia pelo IGP chega a 1.026, em 955 acidentes fatais.

[... continue a leitura na Publicação Original]

Publicação original

Para resguardar os direitos autorais da autoria, leia o restante da matéria e acesse os créditos do texto e da imagem/fotografia na publicação original:

Leia também:

Bicicletas têm alta procura, mas acidentes seguem na mesma linha

Os acidentes que envolvem ciclistas são preocupantes, já que não raramente há vítimas pois a bicicleta não tem a proteção de um carro. Segundo dados do Infosiga, banco de dados que reúne informações de acidentes de diversas fontes, como Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, de abril a agosto de 2019 não foi continue lendo...…

Leia mais

“Após acidente, ciclistas questionam segurança viária em rodovias estaduais; veja como se prevenir”

“Após acidente da última quinta-feira, 13, que vitimou uma ciclista na CE-040, no município de Eusébio, a segurança viária no local foi questionada por cicloativistas. Com histórico recente de acidentes com vítimas fatais, as rodovias estaduais podem apresentar riscos para os ciclistas em determinados trechos. No caso da última semana, Julita de Medeiros Costa, 37, continue lendo...…

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *