Cidades cicláveis: avanços e desafios das políticas cicloviárias no Brasil

Tipo de material

Relatório de Pesquisa

Tipo de autoria

Instituição pública

Nome do autor

IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

Língua

Português

Abrangência geográfica

Nacional

País

Brasil

Ano da publicação

2017

Paravra chave 1

Infraestrutura

Paravra chave 2

Pesquisa

Paravra chave 3

Planejamento Urbano

Paravra chave 4

Políticas Públicas

Paravra chave 5

Urbanismo

Descrição

>> Clique aqui para baixar o artigo de resumo.

Esta pesquisa utilizou a metodologia pressão-estado-resposta (PER), associada à plataforma do pensamento de ciclo de vida (PCV), para avaliar a percepção de stakeholders (atores-chaves) da academia, do governo e das associações de cicloativistas e empresariais em relação aos e desafios atuais das políticas cicloviárias e seus cenários de futuros. Para avaliar a categoria estado foi utilizada a metodologia da matriz SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats – Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), e a avaliação da categoria resposta utilizou a matriz SWOT expandida, ou matriz S. O PCV buscou conhecer os fatores determinantes dos ciclos de vida conceituais (normatizações, processos de decisão e impactos ambientais) associados ao ciclo de vida material da rede cicloviária (RC) e do sistema de produção da bicicleta.